quinta-feira, 8 de julho de 2010

"Arrumei as fotografias numa gaveta que não consigo que seja a do esquecimento, deixei de tocar os nossos discos - como se esses gestos infantis me levassem a algum lado, como se te conseguisse exorcizar, que parva!"


Alma de Pássaro, de Margarida Rebelo Pinto

Sem comentários:

Enviar um comentário