terça-feira, 10 de agosto de 2010

"É mais fácil arrancar uma árvore à terra com todas as suas raízes do que esquecer a intimidade. Tu vives em mim por tudo o que representaste de bom e que foste de mau. E, no entanto, não tenho por ti nenhum sentimento de raiva, de revolta, de tristeza ou de desejo de esquecimento por todas as desilusões e dissabores que me causate; fui eu que deixei que me fizesses mal e sei melhor do que ninguém que nunca me quiseste magoar."

"O dia em que te esqueci" by Margarida Rebelo Pinto
Este livro é lindo *.*

Sem comentários:

Enviar um comentário