sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Um dia, se te lembrares de mim, relembra-me como alguém que te amou e que sempre lutou por ti, e não como uma sufredora que não conseguiu vencer no amor?

Um dia havemos de nós encontrar.
Quem sabe noutra vida?
Quem sabe ...

1 comentário: