domingo, 10 de julho de 2011

É incrível como os anos passam e tu continuas a ter este efeito em mim. Desde pequena que me acompanhas em todos os meus sonhos. Durante muitos anos foste tu que me acalmaste nas noites em que os pesadelos se apoderaram do meu sono. Era a ti que eu me amarrava com toda a força para não ter medo! E hoje, voltei a precisar de ti. Levantei-me, com as lágrimas no rosto, e fui procurar-te. Lá estavas tu, com o teu ar sereno e tranquilo que me fortaleceu nas noites mais difíceis. Há coisas que nunca mudam, poucas, mas ainda há!






boa noite anjinho, obrigada

Sem comentários:

Enviar um comentário