segunda-feira, 19 de março de 2012

Às vezes faço as coisas para o teu bem e acabo por não ser compreendida... Sinto que não te esforças para retribuires metade do que faço por ti. Só queria que por um momento também fosse o teu mundo como tu és para mim, já só peço por um momento... Também gostava que alguém fizesse por mim o que eu faço por ti, que tu fizesses. E, oh, eu sei que pensas que isto são coisas da minha cabeça e que eu é que não sei o que quero, e por mais que eu diga tu vais achar que o que fazes já chega. Mas sabes, se tivesses mais atenção as coisas eram mais fáceis e nós eramos ainda mais felizes. E sabes porquê que não me canso de dizer-te isto? Porque tenho a esperança que um dia percebas que eu tou certa, e faças alguma coisa por nós. E acima de tudo, o que eu sempre quis foi a verdade, e espero que essa não falte...


amo-te, muito

2 comentários:

  1. «Mas sabes, se tivesses mais atenção as coisas eram mais fáceis e nós eramos ainda mais felizes. E sabes porquê que não me canso de dizer-te isto? Porque tenho a esperança que um dia percebas que eu tou certa, e faças alguma coisa por nós.»

    como eu te compreendo....
    desculpa a invasão

    ResponderEliminar
  2. só vi agora o teu comentário(:
    ora nem mais, isso é a pura da verdade!
    e por vezes olha, cansamos mesmo...
    obrigada pelo comentário :)

    ResponderEliminar