quarta-feira, 30 de maio de 2012



"- Ficar contigo? Porquê? Olha só para nós, já estamos a discutir
 - É o que fazemos. Discutimos. Tu dizes quando estou a ser arrogante e eu digo quando estás a ser uma chata irritante. Que é o que tu és.. 99% do tempo. Eu não tenho medo de te magoar. Ficas chateada por uns 2 segundos e em seguida voltas a fazer a próxima coisa irritante
 - E daí? 
 - E daí que não vai ser fácil. Vai ser muito difícil. E vamos ter que trabalhar nisso todos os dias. Mas eu quero fazer isso, porque eu quero-te. Eu quero-te para sempre. Tu e eu, todos os dias. Podes fazer-me um favor? Por favor. Será que podes imaginar a tua vida… Daqui a 30 anos, 40 anos? O que tu vês? Se te vês com aquele homem, então vai. Vai embora! Perdi-te uma vez, acho que posso habituar-me a isso outra vez, se for o que realmente queres. Mas não escolhas a saída mais fácil."


Diário da nossa paixão

Sem comentários:

Enviar um comentário